Mídia. Expressao On Line in Escapes: "Estivemos País das Maravilhas (mas pode chamar de Escape Club também!)"

06 May, 2018

24/04/2018posted by Expressao On Line in Escapes

A convite de meus amigos do site A Toupeira e juntamente com os companheiros da Equipe Divertidos, tive a oportunidade de conhecer a sala “Alice no País das Maravilhas” do Escape Club, localizado na Vila Mariana, São Paulo. Inspirada no romance homônimo de Lewis Carroll, na trama da sala caímos no País das Maravilhas no lugar de Alice, e de lá precisamos resolver os enigmas em uma hora e meia, se não ficaremos presos eternamente neste mundo.

De longe foi uma das salas maiores e bonitas que já entrei. O cenário, a pintura nas paredes, e até objetos de enigmas, tudo muito vistoso. Curiosamente, a sala em figuração é simples – até mesmo esparsa – confiando nas pinturas das paredes e portas, o que por incrível que pareça se encaixa bem. Porém não só na parte visual o local se destaca: a parte sonora é muito boa, as músicas de fundo além de se encaixarem na premissa do jogo são muito agradáveis.

Mas, o ponto alto da sala são mesmo os enigmas. Essa partida foi muito particular para mim, pois pela primeira vez estive em uma sala sem cadeados. Normalmente os escapes fazem uso de vários cadeados simultâneos, enquanto essa não possui nenhum.

Tal fato não a torna mais fácil, e sim mais divertida – infelizmente cadeados podem se tornar muito irritantes – e bem menos cansativa. Além disso todos os enigmas têm uma lógica interna interessante, e não fogem do tema proposto. Vale dizer ainda, que o auxílio do monitor Leonardo foi providencial, e que o fato das dicas serem dadas de forma direta (em caso de necessidade, se o grupo “travar” por muito tempo em um desafio), também ajuda a não perder a concentração.

Em resumo, “Alice no País das Maravilhas” é uma das melhores salas de jogos de fuga que já fui, e recomendo aos que gostam desse tipo de atividade e aos que ainda vão se apaixonar por ela. É diversão na certa.

Mais informações e reservas: www.escapeclub.com.br.

por Ícaro Marques – especial para EOL